denefono

Repasses do XX ENEFON – Maceió 2009

In ENEFON on 03/09/2009 at 22:08

enefon

Maceió, 16 de julho de 2009
ENCAMINHAMENTOS DA PLENÁRIA FINAL DO XX ENEFON

CIÊNCIA
1. Que a DENEFONO realize um abaixo assinado contra o alto preço de inscrição do Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e a favor de que este seja mais democrático, facilitando o acesso de estudantes e profissionais, com instalações especiais e outras estratégias para possibilitar a ida dos participantes.
2. Que a DENEFONO articule com a SBFa a retomada do espaço do Fórum de estudantes dentro do Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, e que neste Fórum seja entregue o abaixo-assinado.
3. Exigir da SBFa a representação da DENEFONO enquanto entidade da Fonoaudiologia nos espaços do Congresso, para que todas as entidades sejam representadas.
4. Estabelecer contato com as entidades de Fonoaudiologia no intuito de discutir posicionamentos e ocupação dos espaços políticos.
5. Que a DENEFONO fomente espaços de discussão sobre prioridades para direcionamento das pesquisas em fonoaudiologia com entidades representativas (Ca’s, DA’s, Conselhos, Sociedades, executivas de curso) e instituições de ensino.
6. Utilização de um veículo para divulgação dos trabalhos científicos produzidos pelos estudantes de fonoaudiologia no site da DENEFONO. Que seja criado um link com os trabalhos enviados pelos estudantes, os trabalhos deverão seguir normas pré-estabelecidas pela diretoria DENEFONO.
7. Que a DENEFONO produza material de divulgação (cartilha) sobre as possíveis formas de produção científica feitas por estudantes, informando as possibilidades de participação desses estudantes nessa produção (iniciação científica). Apoio dos DA’s e CA’s para divulgação do material.

EDUCAÇÃO
8. Por uma educação pública, gratuita, de qualidade, presencial, socialmente referenciada e com acesso para todos e todas e por mais verbas públicas para a educação pública.
9. Por uma educação pautada no tripé ensino-pesquisa-extensão, em que a extensão é compreendida enquanto ação dialógica e troca de saberes entre universidade e comunidade. Por uma formação em Fonoaudiologia baseada nas necessidades da maioria da população.
10. Contra medidas que precarizam e privatizam a educação como a atual Reforma Universitária que não atende às reais necessidades dos estudantes, o REUNI e o Ensino a Distância (UAB, UNIVESP).
11. Que a DENEFONO defenda uma reforma universitária de caráter público que atenda às demandas da população.
12. Que a DENEFONO proporcione espaços de discussão sobre o currículo do curso de Fonoaudiologia e que os estudantes participem dos espaços de reformulação de currículo em suas universidades.
13. Que a DENEFONO se aprofunde e problematize as questões relacionadas às Especializações discutindo profundamente com os estudantes e com entidades da Fonoaudiologia.
14. Propor mudanças na matriz curricular para que disciplinas que discutam prevenção de doenças e promoção de saúde sejam abordadas desde o início do curso.
15. Que a DENEFONO leve para as Universidades a discussão sobre a formação generalista e formas de agir em comunidades violentas e com unidades de saúde (PSF, UBS, NASF) desorganizadas.
16. Que a DENEFONO esteja presente nas discussões e nos espaços do pró-saúde defendendo a não dependência desse tipo de programa para determinar investimentos na educação e na saúde.
17. Que sejam organizados espaços de discussão sobre o Pró-saúde entre os estudantes e entidades estudantis.
18. Que a DENEFONO defenda a criação de uma portaria que garanta a matricula dos inadimplentes e o congelamento das mensalidades dos cursos das universidades privadas.
19. Que a DENEFONO fomente uma discussão sobre precarização do ensino, não só no âmbito do ensino superior, mas também no ensino fundamental e médio.

SAÚDE
20. Em defesa da saúde pública, gratuita de qualidade com acesso para todos e todas. Contra todas as formas de privatizações da saúde (OSs, OSCIPs, FEDPs).
21. Discutir no FENEX a possibilidade das executivas de saúde ocuparem o cargo no Conselho Nacional de Saúde (CNS), hoje ocupado pela UNE. E que essa discussão também seja levada para os CA’s e DA’s.
22. Que a DENEFONO articule, junto aos sindicatos, uma discussão sobre ampliação de vagas no SUS para fonoaudiologia via concurso público, de acordo com as necessidades locais.
23. Que a DENEFONO, junto com os D.A.s e C.A.s, proporcionem discussões sobre as privatizações na área da saúde e formas de superá-las, propondo mudanças para tais ataques à saúde publica.
24. Que a DENEFONO crie espaços de discussão sobre saúde pública junto com os CA’s e DA’s e que os incentive a levar este assunto a todos os estudantes.

ORGANIZAÇÃO
25. Por uma maior aproximação da DENEFONO com os C.A.s e D.A.s para que estes possam se aproximar dos outros estudantes.
26. Que a DENEFONO participe das calouradas dentro das universidades, apresentando a entidade e entregando material de divulgação da DENEFONO para as universidades.
27. Que a DENEFONO fortaleça sua relação com os estudantes de fonoaudiologia de instituições particulares e amplie esse debate promovendo discussões sobre Educação.
28. Que a DENEFONO se articule com D.A.s e C.A.s para que a discussão da inclusão de deficientes na educação e no mercado de trabalho seja realizada.
29. Que a DENEFONO articule a organização de encontros regionais que antecedam o ENEFON.
30. Que a DENEFONO articule a organização de espaços onde serão repassadas as discussões realizadas durante o ENEFON.
31. Que a DENEFONO construa a Jornada de Lutas Contra as Privatizações, em conjunto com as demais executivas de saúde.
32. Que a DENEFONO seja contra os Bacharelados interdisciplinares e que haja garantia de acesso aos cursos profissionalizantes para os estudantes em curso.
33. Que a DENEFONO defenda o aumento de verbas para assistência estudantil.
34. Que a DENEFONO articule com a ANPG (Associação Nacional dos pós-graduandos) a construção da caravana à Brasília pelo restabelecimento das verbas cortadas pelo MEC e Ministério de Ciência e Tecnologia.
35. Que a DENEFONO se articule com as demais executivas de curso para a criação de um Fórum nacional sobre assistência estudantil.
36. Que a DENEFONO construa o boicote ao ENADE, em conjunto com demais executivas que o constroem.
37. Que a gestão da DENEFONO participe do FENEX e dos Fóruns Nacionais e Estaduais da UNE.
38. Que a DENEFONO faça parte da construção da ANEL e participe de seus fóruns.
39. Que a discussão sobre a mulher na sociedade e sobre o aborto sejam amplamente discutidos e aprofundados, entrando não mais como um espaço alternativo, e sim inserido na programação oficial do ENEFON.
40. Que a DENEFONO produza um caderno de textos sobre os encaminhamentos que saiam do ENEFON para auxiliar os estudantes nas universidades.
41. Que a DENEFONO produza materiais e promova a divulgação de discussões realizadas através de informativos e cadernos de texto.
42. Reativação do site da DENEFONO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: